domingo, 23 de dezembro de 2012

HO HO HO

Caros amigos do Cigarros & Cigarros:



É com muita alegria que venho aqui, humildemente, agradecer pelas visitas ao blog e pelo apoio que têm me dado desde que comecei a escrevê-lo. Neste momento, o blog chega a mais de 4.300 visualizações, um número que me deixa plenamente satisfeito e disposto a continuar com as postagens. Quando iniciei com o blog, não imaginava que haveria tantas visitas, portanto é com surpresa e felicidade que vejo esse número. Muito obrigado às pessoas que visitam e comentam por aqui. Obrigado pelas conversas, dúvidas, pensamentos e opiniões. Muito obrigado mesmo! Não os conheço pessoalmente, e nunca ao menos vi o rosto de nenhum de vocês, mas tenho grande consideração pela interação que conseguimos atingir esse ano. Criamos, de certa maneira, um grupo de amigos que dividem um prazer em comum: o cigarro. Todos sabemos que fumar é prejudicial à saúde, e temos acompanhado a massacrante campanha contra os fumantes nesses últimos anos. Doutor Drauzio Varella aparece com grande frequência no Fantástico alertando sobre os perigos de fumar, e praticamente ditando regras para que vivamos uma vida plena e saudável. Nossos espaços para fumar têm sido tirados dos bares, baladas e ambientes fechados no geral, assim como nossas prazerosas tragadas vêm sendo altamente criticadas por amigos e conhecidos que nos cercam. A cada aparição que fazemos com um cigarro na mão ou com um box da nossa marca favorita, é uma nova onda de críticas, ofensas e palestras por parte daqueles que nos rodeiam. Fumar, hoje em dia, é uma escolha audaciosa, não apenas porque cigarros fazem mal, mas também por conta da nova moda politicamente correta que se instalou, visando o cigarro como a mais nociva peste contra a humanidade. Poderiam, para variar, escolher o churrasco gorduroso como o novo alvo de pesadas críticas, ou então colocar as bolachas recheadas (um dos alimentos mais calóricos e gordurosos existentes) como uma nova pauta para proibições. Bem, brincadeiras à parte, são muitas as substâncias, alimentos, bebidas, remédios, hábitos e atitudes que oferecem grande perigo à nossa saúde física e, também, ao nosso bem-estar mental. Exageros são sempre ameaçadores, ao passo que bom senso é sempre bem-vindo. Portanto, curtam muito o Natal, abracem os amigos e familiares como se realmente o mundo fosse acabar, riam alto e brinquem o quanto puderem. Vivam muito tudo que essa data tem a nos oferecer. Cigarros podem ser nocivos, mas nada é mais cruel às pessoas do que a falta de motivos para sorrir! E, como tantos estudos provam, o melhor remédio é realmente gargalhar! Não sou médico, e posso ter escrito informações um tanto irresponsáveis e erradas aqui, mas digitei cada palavra com o coração e desejando a todos aqui um Natal inesquecível! Grande abraço a todos! Espero que suas comemorações sejam excelentes! E, antes que eu me esqueça, BOAS FUMACEIRAS! 

4 comentários:

  1. Vixe, meu Feliz Natal ficou no post do Lucky Azul hahaha.

    Mas deixo aqui meu humilde e sincero Feliz Natal! para a galerinha gente fina desse blog e especialmente para o Roberto e Ali, que são os companheiros que tive contato.

    E já que no Natal a cor predominante é o vermelho do papai noel, deixa eu ir lá fumar o meu vermelhão hahuau.

    Abração galera!

    ResponderExcluir
  2. Lembra daquele ditado "A diferença entre o remédio e o veneno está na dose"?

    Não raramente, quando estou em algum lugar movimentado fumando um cigarro, alguém, geralmente de mais idade, vem me pedir um minuto do meu tempo para explicar os males que o cigarro causa ou me entregar alguma escrita bíblica qualquer. Pois bem, acho que todos nós estamos "inundados" de informações nos dias de hoje.

    A frase que citei no início serve bem para começar a explicar para tais pessoas, que não só o cigarro mas como qualquer outra substância (excluindo a água e o oxigênio) fazem mal quando consumidas em excesso.

    Quanto tempo é necessário para um fumante "exagerado" adquirir algum tipo de doença grave? Vamos supor que seja 30 ou 20 anos fumando uma carteira/dia. Pois bem, mas vamos supor agora que ao invés de 20 cigarros fumados durante um dia tal indivíduo ingira vinte porções ao decorrer de um dia, de qualquer alimento que ele goste durante os mesmos 30 ou 20 anos que seja. Será que este ser humano estará livre de alguma doença pior do que as causadas pelo cigarro?

    A obesidade e a má alimentação é a segunda causadora de mortes no Brasil e em alguns países ela já é pole position.

    Não sei se consegui ser claro, pois sou enrolado para escrever. Então deixo a seguir um resumo:

    Ao invés de fumar 20 cigarros coma 20 biscoitos recheados e ganhará uma diabete ou infarto por exemplo.

    *Falei que água em excesso não faz mal mas foi brincadeira hein, tem gente que já conseguiu morrer bebendo lá seus 10 litrinhos...

    ResponderExcluir
  3. Pow Thiago! Brigadão pelo Feliz Natal!

    Roberto, Thiago e todos os outros leitores (inclusive os que não comentam), também desejo um Feliz Natal atrasado!!

    Thiago, concordo plenamente com o que escreveu e não foi difícil entender.

    É comum pessoas fazerem coisas que faz mal por prazer.

    Quantos diabéticos que não poderiam comer nada de doce de vez em quando não dão uma escapada?

    .

    Seguinte: Eu já fui um tanto preconceituoso quanto ao cigarro, então sei na pele o que é isso. É uma visão semelhante a de pessoas bituladas em igrejas e que não conseguem ou não querem enxergar coisas por um outro ponto devido aos anos em que sempre foram ensinadas que certas coisas não são boas.

    Eu não julgava quem fumava, não me afastava (ao contrário, sempre gostei de conversar com pessoas que fumam e adorava ficar horas conversando no fumódromo), mas apesar da minha vontade de experimentar cigarro, eu sempre a negava.

    .

    Quanto a restringir locais que se fuma eu sou totalmente a favor.

    Pessoas realmente se sentem incomodadas com o cheiro, pessoas tem alergias devido a fumaça, era horrível ir a uma balada lotada e alguém sem querer queimar a gente com o cigarro, e ainda chegar em casa com a roupa pedindo por uma lavagem.

    Isso ao meu ver foi uma mudança boa, e foi bom pra gente de uma certa forma porque os estabelecimentos começaram a fazer lugares mais aconchegantes pra gente (tá, sei que nem todos, pois muitos ainda improvisam um fumódromo apertado na calçada. hahaha).

    .

    É isso blogueiros, aí ficaram algumas confissões minhas.

    E que venha 2013 com mais posts!!

    ResponderExcluir
  4. I got my first electronic cigarette kit from VaporFi, and I love it very much.

    ResponderExcluir